quinta-feira, 1 de setembro de 2011

O uso de pele animal em eventos fashion está com os dias contatos.


Toda temporada de moda o polêmico assunto volta à tona. É comum, por exemplo, ver manifestações nos corredores do SPFW em praticamente todas as edições. O uso de pele animal em eventos fashionistas no Brasil agora está com os dias contatos.

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável aprovou ontem (31/8) o Projeto de Lei 684/11, do deputado Weliton Prado (PT-MG), que torna crime o uso de peles de animais silvestres nativos ou exóticos, domésticos ou domesticados, em eventos de moda no País. 

A pena prevista é de reclusão de um a três anos e multa. O projeto acrescenta artigo à Lei de Crimes Ambientais (9.605/98). Para o autor, a criminalização do uso de pele de animais nas passarelas é uma forma de coibir o comércio do produto.

A pele de coelho é apenas uma de muitas outras usadas na indústria de moda
O relator do projeto na Comissão de Meio Ambiente, o deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP), defendeu o Projeto de Lei. “Sabemos que a indústria da moda exerce grande influência sobre os costumes sociais. O uso de peles em eventos de moda no Brasil certamente estimula a produção de animais em cativeiro e, consequentemente, as práticas cruéis.”
O deputado disse ainda que, embora a Constituição Federal e a Lei de Crimes Ambientais já prevejam punição às práticas de maus-tratos aos animais, a indústria da moda continua a fazer uso de peles em desrespeito às disposições legais. “Peles animais têm sido apresentadas nas passarelas brasileiras, inclusive nas coleções do inverno 2011, chegando ao vestuário cotidiano.”

Segundo Tripoli, essa prática também contraria os princípios de sustentabilidade ambiental, de conservação da diversidade biológica e de proteção aos direitos dos animais. O projeto ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) e pelo Plenário.

Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

3 comentários:

Anônimo disse...

Estúpidos e ignorantes quem mata, fabrica, comercializa tanto quanto quem compra e usa...É necessário educar, mudar a cultura, é preciso lei severa...

Elaine Figueira disse...

Estúpidos e idiotas: quem mata, quem cria para matança, quem fabrica, quem usa. Ridículo. Porisso que o ser humano sofre tanto por todo o planeta. Essa energia de matança e sangue em abundância, reverbera em todo o planeta.

Um mundo melhor para homens e animais é o que eu idealizo.

Elaine

Anônimo disse...

DEUS abençoe q acabe mesmo....esses dias eu vi um video q nem consegui terminar d assitir,fiquei em desespero sem acreditar no q eu estava vendo muita crueldade,os prinçipais métodos de morte desses animais são asfixia,choque elétrico genital,quebra de pescoço e injecção de veneno???? SABIA TBÉM,q muitos são esfolados ainda concientes??troquem a moda pela compaixão,pelo amor DEUS chega de tanta crueldade,eles são vitimas de suas vaidades,chrisley barra do bugres mato grosso!!!!