domingo, 4 de dezembro de 2011

Como socorrer cachorro atropelado



ESSE É UM MOMENTO DE ANGUSTIA E QUE POR VEZES QUERENDO AJUDAR PODEMOS PIORAR A SITUAÇÃO.SAIBA COMO AGIR :
  1- Se o animal (no caso cão)não estiver sangrando, ou vomitando, é interessante amordaçá-lo. Isso impedirá que ele morda a quem estiver ajudando-o, comportamento comum para um animal com dor;
2- Havendo sangue, vômito ou secreções na boca , ele não deve ser amordaçado, porque nesse caso poderá aspirar o próprio vômito e morrer asfixiado, tampouco se estiver inconsciente;
3- É importante que o animal tenha as vias aéreas livres para respiração e a boca, assim, não deve estar obstruída;
4- Sempre carregue o animal na posição horizontal, para evitar-lhe a piora do seu estado;
5- As áreas lesadas não devem ser manipuladas;
6- Havendo hemorragia, a região deve ser pressionada para tentar conter o sangramento;
7- Havendo fratura, não tocar na região; se a fratura estiver exposta, é necessário cobri-la para evitar contaminações;
8- Carregue o bichinho no colo ou no banco do carro, na posição horizontal, tentando fazê-lo permanecer aquietado, mas sem imobilizá-lo.
9- Feito isso, o melhor amigo nessa hora, é o médico veterinário. Ele é o profissional a quem se deve entregar o bichinho para receber os melhores cuidados.



Gy disse...
Eu sempre tenho no carro uma manta grossa que, dobrada, pode servir como maca para transportar o animal acidentado. Ela servirá também para manter a vítima aquecida, no trajeto até o veterinário, porque eles costumam estar em choque nessas horas, e convém aumentar a sua temperatura. Se estiver sozinho(a), e o animal for grande, peça ajuda a alguem que esteja passando, páre um outro carro, se for necessário. Muitos não páram, ficam assustados, mas sempre haverá alguém que se comova com a situação. Transfira o bicho de onde se encontra para cima da manta, puxando-o pelo couro das costas, com as duas mãos, ou mais mãos, se tiver ajuda, mantendo sempre a coluna reta, porque ela é a preferida das lesões em caso de atropelamento. Quando vir um animal caído na beira da estrada e, a não ser que visivelmente esteja morto, ou seja, que já esteja inchado, e com mau-cheiro, páre também e certifique-se de que está realmente morto. Eu já salvei vários bichos que aparentavam estar mortos mas que, à minha aproximação, abriam os olhinhos ou podia-se perceber que ainda respiravam. E boa sorte!

Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

7 comentários:

debondan disse...

Beleza de instruções. Super úteis, afinal , é comum -infelizmente- nos depararmos com cenas como estas. abraços

Anônimo disse...

Gosteii..mto bom saber isso..Parabens..

Roberta disse...

Parabéns pelo blog, muito bom! Abraços!

luis daniel disse...

parabéns, aprendi e gostei!

Gy disse...

Eu sempre tenho no carro uma manta grossa que, dobrada, pode servir como maca para transportar o animal acidentado. Ela servirá também para manter a vítima aquecida, no trajeto até o veterinário, porque eles costumam estar em choque nessas horas, e convém aumentar a sua temperatura. Se estiver sozinho(a), e o animal for grande, peça ajuda a alguem que esteja passando, páre um outro carro, se for necessário. Muitos não páram, ficam assustados, mas sempre haverá alguém que se comova com a situação. Transfira o bicho de onde se encontra para cima da manta, puxando-o pelo couro das costas, com as duas mãos, ou mais mãos, se tiver ajuda, mantendo sempre a coluna reta, porque ela é a preferida das lesões em caso de atropelamento. Quando vir um animal caído na beira da estrada e, a não ser que visivelmente esteja morto, ou seja, que já esteja inchado, e com mau-cheiro, páre também e certifique-se de que está realmente morto. Eu já salvei vários bichos que aparentavam estar mortos mas que, à minha aproximação, abriam os olhinhos ou podia-se perceber que ainda respiravam. E boa sorte!

Anônimo disse...

socorro? meu cachorro foi atropelado á 30 dias, quebrou femor direito até agora não consegui fazer a cirugia o valor e muito alto não tenho o dinheiro para pagar. por favor me socorre

Anônimo disse...

tive que recorrer a VCs pq meu cãozinho foi atropelado, e fraturou a bacia. estou triste ele tem 9 anos e Li as informações aqui. se Deus quiser vai dar tudo certo.