quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Da minha avó ao Yorkshire


Não conheci minha avó, dona Justina, falecida prematuramente deixando órfãos 5 filhos entre 18 e 6 anos, entre eles, minha mãe. Desde a minha infância a coragem, a ousadia e a determinação da minha avó me fascinavam, ouvia de dona Neuza, minha mãe, histórias interessantes sobre essa figura indomável para seu tempo e até hoje aplico na minha rotina seus ensinamentos, nunca me arrependi, minha avó estava sempre certa e ela sempre dizia, entre outras frases, o que os olhos não vêem, o coração não sente.

Através dessa frase chegamos ao caso do Yorkshire morto covardemente pela enfermeira, cena de horror filmada até seu final trágico*. O Brasil inteiro viu com os próprios olhos, o mundo inteiro viu sem retoques nem edições.

Milhares de animais são mortos e torturados no mundo todo e nesse ponto, estamos no mesmo nível dos países mais desenvolvidos como podem bem lembrar do caso do político britânico que torturou 4 gatos, nos EUA o nº casos de maus tratos é assustador,o diferencial é a penalidade que lá também não chega a ser justa, enquanto aqui a impunidade é total e se todas essas mortes e torturas fossem filmadas a realidade dos bichos iria mudar.

Sabendo dos efeitos que a verdade, o que as imagens provocam nas pessoas é a razão pela qual não permitem filmagens em abatedouros nem lugares onde extraem as peles dos bichos, nem dos aviários, nem no treinamento de animais em circo e outros eventos onde os animais são brigados a praticarem atos completamente contrários a sua natureza, todas as gravações são feitas às escondidas e quando reveladas, causam um impacto enorme nas pessoas e uma dor de cabeça sem fim nos responsáveis pelos métodos.

O Comandante em Chefe das Forças Aliadas, General Eisenhower orientou às tropas que fotografassem tudo quando invadiram a Alemanha, dizia ele que se não houvesse provas, somente a palavra deles não seria o suficiente para o mundo acreditar nas atrocidades e nem mesmo na existência dos campos de concentração.

É importante sim que essas imagens apareçam elas servem também como provas de nossos protestos onde alegamos maus tratos, crueldade e como a população vai saber a verdade se tentarmos esconde-la porque algumas pessoas não gostam de cenas fortes? Imagens chocantes? Por que ocultar a realidade?

O caso do Yorkshire teve muita amplitude em função do ver com os próprios olhos, assim como muita gente reage instantaneamente quando vêem nas ruas casos parecidos, casos comuns são os de cavalos chicoteados, ao vivo, ninguém resiste e reage, por quê? A pessoa está vendo, não é uma informação de segunda mão.

Vejam o caso dessa cadela (ou cão) se alguém filmasse a cena do sujeito amarrando o coitado e jogando o corpo no rio, a repercussão seria a mesma do York, ninguém está protestando por ser um animal de marca, com griffe, estamos protestando pela VIDA.

Ver pra crer, eis a questão, aí mudo a frase e digo que o que os olhos vêem o coração sente mais.
 Marli Moraes - RJ
#####
Não basta lamentar, é preciso agir
Jose Franson - 
Vale lembrar que os prefeitos de todo Brasil, assassinam 18 cães e gatos por minuto em todos os canis municipais CCZ do Brasil... Eu disse por minuto, cada minuto do ano... Eu disse em todos os canis municipais - CCZ... todos...sem excessão.

O que fazer??? Tomar atitude... Esqueça procurar o Judiciário... Esqueça leis mais duras... Esqueça procurar a caridade para ajudar os animais.... Esqueça os políticos em geral, com uma excessão, os prefeitos... este é nosso alvo, o foco... Esqueça argumentos de ética e compaixão... Tem um argumento que eles adoram ouvir, e você não precisa nem explicar, eles são mestres em entender e atender.... Votos... Prove que seu grupo está organizado e tem muitos, muitos votos e será atendido.  È o prefeito que pode mudar a gestão arcaica e moribunda dos canis municipais - CCZ, se receber pressão pública através de manifestações  continuadas.  

O que solicitar ao Prefeito??? -  Veja, analise e lute por ele -  Projeto postos veterinários de proteção aos animais - Solução definitiva para o sofrimento dos animais abandonados, sem aprisionar nem matar.  Boa sorte a todos nós, animais humanos ou não.

7 comentários:

Eliana Moser Adestradora de Porto Alegre disse...

Parabéns, Marli!
Escrevi no face que quem não quiser ver fotos explícitas de maus tratos, por favor, me bloqueiem! O argumento (o povo precisa, mesmo nesses casos) foi exatamente o "caso" da Lana. Porque o povo se movimentou? Porque viu os maus tratos com os próprios olhos.
José, acho que precisamos de vídeos de chacinas feitas nos CCzs do Brasil, daquelas que mostram um cãozinho "pidão" e depois o corpo morto. Sei que é horrível imaginar um vídeo destes, mas deverá ser algo tão chocante quanto foi com Lana, aí sim, o povo vai "pirar"!

José Franson disse...

Olá amigos do bem... Vamos fazer vídeos dos Campos de concentração CCZ zoonoses em todo Brasil...Os mais detalhados possíveis... Vamos escancarar os assassinatos... O que os olhos não vêm o coração não sente.... contem comigo para divulgar...fransonvegan@gmail.com

Eliana Moser Adestradora de Porto Alegre disse...

Perfeito, o resultado vai abalar as estruturas dos insensíveis!

Anônimo disse...

Me preocupa muito a divulgação dessas crueldades, apesar de saber a excelente que é uma campanha de conscientização, imagino as cabeças doentias comprando as idéias e pondo em pratica novos tipos de maldade.
Conheci algumas pessoas más ao longo da vida e tenho certeza que estas não medem esforços para praticar o mal, dentro de 4 paredes ou por exemplo jogando o cão amarrado na água em lugares ermos. Quando comentei com meu marido o que li aqui, sua primeira reação foi a mesma. NÃO PODEM DAR IDÉIAS PARA MARGINAIS SEM ALMA.
Grata pelka atenção, Nelice

Eliana Moser Adestradora de Porto Alegre disse...

Anônimo, eu também pensava assim até em relação aos bandidos e assaltantes. Acabei percebendo que essas atitudes "moram" na cabeça deles, não nas nossas. Quem é mau está sempre inventando novas maldades. Por outro lado a divulgação dessas maldades faz com que as pessoas se revolte "realmente" e tomem alguma atitude, melhor exemplo foi da Lana (York) e do Rotweiler que mobilizou o Brasil.

Anônimo disse...

É verdade, tomara que o bem vença.
Ninguém aguenta mais ver tanta crueldade.
Vamos rezar muito.Sempre que vou pedir algo para mim, penso nos inocentes e prefiro rezar por eles.
Ach que tem muita gente fazendo isso, porque estamos vendo alguma melhora, não é mesmo?
Parabéns a todos que se importam.

Anônimo disse...

Rezar é mto importante mas existe um dito popular na Italia que é "aiutati che Dio ti aiuta"! é isso aí temos que deixar a preguiça de lado e pressionar os politicos e domingo todos temos oportunidade de manifestar nossa vontade e principalmente o momento das urnas....